Palestra: “A biblioteca deveria estar do nosso lado”

16/04/2018


PALESTRA: “A biblioteca deveria estar do nosso lado” – notas de pesquisa com/sobre quilombolas e indígenas em uma biblioteca da Amazônia

CONFERENCISTA: Mayco Ferreira Chaves, bibliotecário documentalista da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) e mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal Fluminense (PGCI/UFF)

LOCAL: Sala Interartes – IACS 1 – Rua Prof. Lara Vilela, 126 – São Domingos – Niterói – RJ

DIA/ HORÁRIO: quarta-feira, 18/04 às 18h00

COORDENAÇÃO: Profª Drª Jacqueline Cabral (GCI/UFF)

INSCRIÇÕES: https://www.doity.com.br/a-biblioteca-deveria-estar-do-nosso-lado-notas-de-pesquisa-comsobre-quilombolas-e-indigenas-em-uma-b

FACEBOOK: https://www.facebook.com/events/209221606517990/

 

SINOPSE:

A ideia é refletir sobre a relação entre estudantes quilombolas e indígenas com uma biblioteca universitária em Santarém (PA), enfatizando os processos de mediação da informação nas bibliotecas em contextos interculturais. Trata-se de uma contribuição para discussões sobre questões enfrentadas por esses grupos na universidade, que muitas vezes são silenciadas, negadas ou invisibilizadas, além de mostrar que a biblioteca não só pode como deve ser espaço que proporcione condições de permanência desses grupos, colaborando para a efetividade das políticas de ações afirmativas. A pesquisa se caracteriza como de tipo quantitativo, exploratório e de cunho etnográfico, fazendo uso de entrevistas, observações, anotações de campo e aplicação de questionários para coleta de dados. O método de análise e interpretação de dados tem como base a análise do discurso, e também apresenta um levantamento junto às bibliotecas universitárias da rede pública federal para mapear possíveis experiências e práticas de mediação no serviço de referência e conhecer a atuação bibliotecária em geral no âmbito da multi/interculturalidade. Diante do resultado das análises realizadas, é fundamental que a biblioteca reconheça a diversidade étnica e cultural de sua comunidade e suas plurais necessidades informacionais para que o trabalho de mediação de fato proporcione oportunidades de igualdade, respeito às diferenças e autonomia, que estabeleça uma relação de diálogo crítico e ações de compartilhamento de saberes e conhecimento.

 

OUTRAS INFORMAÇÕES:

O evento faz parte da série DIÁLOGOS DE PESQUISA, que integra o cronograma de atividades da disciplina Metodologia da Pesquisa I, oferecida para os cursos de Arquivologia & Biblioteconomia e Documentação. As vagas são limitadas à capacidade do auditório e a prioridade da presença é para alunas/os inscritas/os na disciplina com a Profª Jacqueline Ribeiro Cabral. Cheguem cedo para garantir seus lugares! Serão emitidos certificados para quem se inscrever previamente e efetivamente comparecer à palestra.

 
 

Copyright 2018 - STI - Todos os direitos reservados